Covid-19: Atibaia aplica 5ª dose da vacina em idosos imunossuprimidos
3 de junho de 2022 | 18h22

Covid-19: Atibaia aplica 5ª dose da vacina em idosos imunossuprimidos

É necessário que as pessoas com 60 anos ou mais tenham recebido a quarta dose da vacina há pelo menos quatro meses

A Secretaria de Saúde de Atibaia anunciou que está aplicando a 5ª dose da vacina contra Covid-19 em pessoas com 60 anos ou mais e que tenham alto grau de imunossupressão. É necessário que o idoso tenha recebido a quarta dose da vacina há pelo menos quatro meses.

Os idosos podem comparecer às unidades de saúde com sala de vacina das 8h às 15h30 ou ao Centro Permanente de Vacinação, que fica aberto de segunda a segunda, das 7h às 19h, no Centro de Convenções (Alameda Prof. Lucas Nogueira Garcez, 511 – Vila Thais). É preciso apresentar carteira de vacinação, documento com foto e documentos que comprovem a imunossupressão.

São consideradas pessoas com alto grau de imunossupressão quem:

– Tem imunodeficiência primária grave;
– Faz quimioterapia para câncer;
– É transplantado de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras;
– Vive com HIV/Aids;
– Usa corticoides em doses maior ou igual a 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por 14 dias ou mais;
– Usa drogas modificadoras da resposta imune consideradas para fim de elegibilidade à dose adicional da vacina para pessoas imunossuprimidas: Metotrexato; Leflunomida; Micofenolato de mofetila; Azatiprina; Ciclofosfamida; Ciclosporina; Tacrolimus; 6-mercaptopurina; Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe);
– Faz terapia renal substitutiva (hemodiálise);
– Tem doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

print