800 alunos do Projeto Judô Socioeducativo trocaram de faixa no último sábado
18 de dezembro de 2018 | 17h37

800 alunos do Projeto Judô Socioeducativo trocaram de faixa no último sábado

Projeto dá aulas para 1.100 crianças de 6 a 17 anos,
em 11 polos espalhados pela cidade

No último sábado, dia 15 de dezembro, cerca de 800 alunos do projeto Judô Socioeducativo trocaram de faixa durante cerimônia realizada no São João Tênis Clube. O prefeito em exercício, Emil Ono, esteve no local para prestigiar as crianças.

O Projeto Judô Socioeducativo é realizado em parceria com a Associação Paulo Alvim de Judô de Atibaia (APAJA) em 11 polos espalhados pela cidade (bairros Esmeralda, Maracanã, Iara, Rio Acima, Portão, Chácaras Brasil, Imperial e Tanque, além das sedes da Associação Atlética Banco Do Brasil – AABB e APAJA).

Neste ano foram investidos R$ 300 mil no projeto para atender a 1.100 crianças com idades entre 6 e 17 anos. O objetivo é agregar esporte à educação com foco nos alunos das escolas da rede municipal de ensino, disponibilizando aulas de judô gratuitamente para crianças do ensino fundamental.

O prefeito em exercício parabenizou os alunos pela troca de faixas, que simboliza avanço na prática do esporte, e salientou a importância do projeto para a formação das crianças e jovens. “O Judô Socioeducativo também trabalha com a questão social, pois oferece uma formação pessoal completa ao cidadão”, disse.

Atualmente, mais de mil famílias se beneficiam com as mudanças que o esporte proporciona e que são levadas para dentro da comunidade por meio dos pequenos atletas.

Estiveram presentes também na cerimônia, além do prefeito em exercício, o secretário de Esportes e Lazer, Otávio de Lima, o vereador Fabiano de Lima, o presidente do São João Tênis Clube, Paulo Silva Dutra, o delegado da Federação Paulista de Judô, Celso Leite, além de pais e amigos dos alunos.

Modo Texto