Ações da Prefeitura Municipal fazem parte do Dia Nacional do Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
17 de Maio de 2019 | 14h06

Ações da Prefeitura Municipal fazem parte do Dia Nacional do Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Marchas, palestras e atividades coletivas visam combater a violência e exploração sexual, para denunciar abusos, disque 100

O dia 18 de maio é o Dia Nacional do Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Para tal, a Prefeitura da Estância de Atibaia preparou uma série de ações e atividades que tiveram início na manhã desta quinta-feira (16) e se estendem até o dia 28 deste mês, encerrando com a palestra do Defensor Público, Diego Medeiros.

A marcha do Combate a Violência Sexual de Crianças e Adolescentes desta quinta, abriu os trabalhos da campanha que tem por objetivo a prevenção e enfrentamento deste grave problema. Organizada pelo CRAS do Portão e equipe da E. E. Professora Zilah, reuniu mais de 250 participantes, entre alunos, equipes de funcionários da Escola, do Cras e membros do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDICA). Após palestra sobre violência e o Sistema de Garantia de Direitos, a caminhada se estendeu num percurso de quase uma hora, passando por importantes pontos, como o terminal rodoviário, a feira livre e a UBS.

Para este sábado (18), outra ação semelhante promovida pelo CRAS Imperial vai percorrer ruas e a feira livre do bairro pela manhã. Já na segunda-feira (20), acontece na Câmara de Vereadores, a partir das 9h30, palestra com a autora e defensora dos direitos das crianças Anna Luiza Calixto. Ainda na segunda (20) às 10h30m, saindo da Câmara de Vereadores, inicia a tradicional marcha para reflexão sobre a violência que percorrerá caminho até a Praça da Matriz para a Ciranda da Paz. E no dia 28, terça-feira, acontece no CIEM. Às 15h, palestra ministrada pelo Defensor Público, Diego Medeiros.

As atividades são promovidas pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS) e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDICA), envolvendo diferentes setores e entidades e convocam toda a população a participar das ações e caminhar junto no combate a violência e abuso às crianças e adolescentes.

Para denunciar casos de abuso sexual de crianças e adolescentes, disque 100, o Disque Direitos Humanos, é um serviço de proteção de crianças e adolescentes com foco em violência sexual, vinculado ao Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Modo Texto