Defesa Civil orienta população sobre animais peçonhentos, marimbondos, vespas e abelhas
1 de abril de 2022 | 18h35

Defesa Civil orienta população sobre animais peçonhentos, marimbondos, vespas e abelhas

População jamais deve se colocar em risco supondo que um animal não seja perigoso e tentando neutralizá-lo por conta própria

A Defesa Civil de Atibaia orienta à população que acione a equipe pelos telefones 199, 4402-7414 e 4411-5108 em situações envolvendo marimbondos, vespas e abelhas em locais públicos. Caso esses animais estejam em propriedade particular, no entanto, a responsabilidade passa a ser do munícipe/morador e, nesses casos, se a Defesa Civil for acionada a equipe poderá se dirigir até o local, mas apenas para avaliar a situação e prestar orientações.

Para retirar marimbondos, vespas e abelhas de uma propriedade particular a Defesa Civil recomenda que o munícipe/morador busque o serviço de um profissional com conhecimento das medidas de segurança necessárias para esse tipo de remoção. Após a retirada, também é necessário aplicar cal ou algum produto amoníaco para eliminar o odor característico desses animais, evitando assim que eles retornem ao mesmo local.

A Defesa Civil de Atibaia também alerta a população sobre os cuidados necessários envolvendo animais peçonhentos, como cobras, escorpiões, entre outros. Ao encontrar esses animais o munícipe deve acionar a Defesa Civil e, até que a equipe chegue, procurar um local seguro, tentar manter o animal sob observação para que não se esconda e nunca tentar manusear, prender ou matar esses animais. Segundo a Defesa Civil, apenas profissionais especializados reúnem condições de diferenciar animais venenosos dos que não representam qualquer perigo aos seres humanos, portanto somente eles podem e devem capturá-los com a segurança necessária que esse tipo de procedimento requer. A população jamais deve se colocar em risco supondo que um animal não seja perigoso e tentando neutralizá-lo por conta própria.

Para evitar a presença e proliferação de animais peçonhentos, sobretudo em casa, é necessário adotar algumas medidas preventivas, como: manter ralos internos fechados, abrindo apenas para limpeza ou enquanto estiverem em uso; colocar telas milimétricas nos ralos de áreas externas; vedar frestas em muros, paredes e pisos; vedar a soleira de portas com rodinho ou rolinhos de areia; não acumular entulho ou materiais de construção; manter os ambientes limpos e organizados, acondicionando lixo em recipientes fechados; manter a limpeza de jardins, sem acúmulo de folhas; e providenciar a limpeza e o corte do mato em terrenos.

A Defesa Civil de Atibaia ainda alerta que é de extrema importância redobrar os cuidados para que acidentes envolvendo animais peçonhentos sejam evitados, como examinar roupas e calçados antes de usá-los; manter camas, sofás e berços afastados das paredes; manter lençóis, cobertores e cortinas sem contato direto com o chão; e usar luvas grossas na limpeza de jardins ou ao manusear materiais de construção ou outros materiais que possam servir de abrigo a esses animais.

print