Atibaia é reconhecida como Arranjo Produtivo Local (APL) em Agronegócio e Tecnologia da Informação
8 de abril de 2022 | 17h07

Atibaia é reconhecida como Arranjo Produtivo Local (APL) em Agronegócio e Tecnologia da Informação

Programa do Governo do Estado credenciou município como polo produtivo nos setores de Agronegócio e Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)

A Prefeitura de Atibaia obteve mais uma importante conquista para o desenvolvimento econômico regional: o reconhecimento do município como Arranjo Produtivo Local (APL). O Programa Estadual de Fomento aos APLs, que investe no fortalecimento e integração das cadeias de produção do estado de São Paulo como forma de impulsionar o desenvolvimento estratégico integrado, credenciou o município como polo produtivo nos setores de Agronegócio e Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

A certificação junto ao programa do Governo do Estado assegura o ingresso de Atibaia na Rede Paulista de Arranjos Produtivos Locais, o que além de possibilitar a participação em projetos de entidades parceiras e editais de incentivo promovidos pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, facilita o acesso a linhas de crédito especiais (públicas ou privadas) para empresas inseridas em APLs e também a políticas públicas de fortalecimento dos arranjos, como programas de capacitação e qualificação de mão de obra, por exemplo.

Os APLs concentram empresas de um mesmo setor ou cadeia produtiva que, sob uma estrutura de governança comum, mantêm relações de articulação, interação, cooperação e aprendizagem, não só entre si, mas também com outros atores locais, entidades públicas e privadas tais como fornecedores, agentes do governo, entidades do terceiro setor, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa.

Agronegócio
Atibaia ocupa lugar de destaque na economia do agronegócio, concentrando 25% da produção nacional de flores e sobressaindo-se também na produção de frutas, especialmente o morango, um dos símbolos da cidade. O município também conquistou posições relevantes em importantes rankings como o “Cidadania no Campo – Município Agro” (12ª colocação entre 410 municípios), do governo estadual, e “Melhores Cidades para Negócios” (a cidade subiu do 23º para o 16º lugar no segmento Agropecuário), da revista Exame.

Os investimentos e políticas de incentivo ao setor agrícola realizados pela Administração Municipal contribuíram fortemente para alcançar esse resultado. Além das ações desenvolvidas no Viveiro Municipal e pelo Programa de Revitalização da Cultura do Morango, a Secretaria de Agricultura oferece ainda a Patrulha Agrícola Mecanizada, iniciativa que disponibiliza maquinário e assessoramento aos produtores rurais.

Tecnologia
Nesse cenário, a classificação como APL contribuirá para fortalecer e desenvolver ainda mais as potencialidades não só do ramo agrícola, mas também de tecnologia, segmento estratégico pela capacidade de melhorar a produtividade, eficiência e competitividade de outros setores, multiplicando investimentos e benefícios. Por meio do Programa Inovati, que busca estimular a pesquisa científico-tecnológica no ambiente produtivo, a Prefeitura tem investido pesado no setor, injetando, em 2022, mais de R$ 1,4 milhão de aporte financeiro sem reembolso em projetos de inovação e tecnologia.

A iniciativa, promovida pelo Departamento de Tecnologia e Inovação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, integra o programa “Conecta Atibaia”, conjunto de ações que têm como objetivo articular empresas, trabalhadores, empreendedores, agronegócio, pessoas em busca de oportunidades, instituições de ensino e pesquisa, turismo e toda a cadeia produtiva num grande e importante hub de tecnologia e inovação.

Assim como no agronegócio, a classificação como APL no setor de TICs representa o reconhecimento dos esforços e investimentos da Prefeitura, ao mesmo tempo em que possibilita ampliar o alcance e impacto das políticas de desenvolvimento do município.

print