Prefeitura cria atendimento exclusivo para síndrome gripal
5 de janeiro de 2022 | 18h07

Prefeitura cria atendimento exclusivo para síndrome gripal

Unidades de Saúde têm horário ampliado para atender sintomas de gripe a partir desta quinta-feira (6): Centro e Cerejeiras passam a atender das 7h às 19h, com equipe médica adicional

Para atender à demanda crescente de casos de pacientes com sintomas de gripe em Atibaia, a Secretaria Municipal de Saúde decidiu ampliar o horário de atendimento em duas unidades de saúde: UBS do Centro e UBS Cerejeiras, das 7h às 19h, de segunda a sexta, a partir desta quinta-feira (6). Os dois postos contarão com uma equipe adicional de médicos, enfermagem e administrativo visando auxiliar melhor a população.

Nos últimos dias, um grande número de pessoas vem procurando as unidades de saúde, a Santa Casa e a UPA Cerejeiras devido a um quadro gripal. Neste momento, um surto de gripe está ocorrendo em várias cidades brasileiras, referente ao vírus Influenza A subtipo H3N2. Os sintomas da gripe são parecidos com os da Covid-19: tosse, febre, mal-estar e sensação de cansaço.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a síndrome gripal é caracterizada quando o indivíduo tem febre de início súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta e, pelo menos, um dos seguintes sintomas: cefaleia, mialgia ou artralgia (dor nas articulações). O período de incubação da gripe varia de um a quatro dias e a transmissibilidade em adultos ocorre principalmente 24 horas antes do início dos sintomas a até três dias após o final da febre. Nas crianças pode durar em média dez dias e, em pacientes imunossuprimidos, um período ainda maior.

Conforme a Secretaria, para evitar a sobrecarga dos sistemas de saúde, contribuir para a redução do tempo de espera e garantir atendimento a quem precisa, o recomendado é que a população procure hospitais e unidades de pronto atendimento quando forem verificados sintomas gripais graves, como: febre alta, dificuldade respiratória, dor ou pressão no peito ou estômago – efeitos que requerem atenção especial em grupos com fatores de risco para complicações, como idosos, crianças com menos de dois anos e pessoas com comorbidades. Já na ocorrência de sintomas leves a orientação é realizar repouso e ingerir bastante líquido para evitar desidratação.

A Secretaria Municipal de Saúde ressalta que a população deve se manter vigilante e continuar adotando todas as medidas preventivas que evitam tanto a propagação da Influenza quanto da Covid-19, além de outras doenças respiratórias: lavagem e higienização das mãos; utilizar máscara para proteção de nariz e boca; não compartilhar objetos de uso pessoal; evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados); evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de Influenza, entre outros cuidados.

print