Como Atibaia está enfrentando a crise do Coronavírus
12 de maio de 2020 | 16h59

Como Atibaia está enfrentando a crise do Coronavírus

Prefeitura de Atibaia prorrogou quarentena até 31 de maio; Serviços retomados seguem em funcionamento acompanhados de fiscalização e medidas como distribuição de 50 mil kits e ampla campanha de conscientização

A antecipação à crise e as contínuas providências tomadas pela Prefeitura da Estância de Atibaia têm mostrado resultados no controle da curva do COVID-19 em Atibaia. A implantação do Plano de Contingência em 15 de março resultou numa série de decretos publicados pela Administração Municipal que em sua última edição, publicada no sábado (9), estende a quarentena até o dia 31 de maio com a flexibilização adotada anteriormente.

A Administração não tem medido esforços para garantir uma flexibilização comercial com segurança e sem efeitos negativos em relação ao Coronavírus. A ampla campanha “Sua Casa é Sua Proteção” de conscientização, a distribuição de 50 mil kits de máscaras e álcool gel para a população, a fiscalização permanente as regras de higiene e aglomerações, entre outras medidas têm possibilitado uma retomada gradual e efetiva de setores comerciais sem impactar a saúde pública.

Como Atibaia está enfrentando a crise do Coronavírus

Das ações tomadas desde o início da pandemia, houve a suspensão das aulas da rede municipal em 23 de março, com férias antecipadas entre os dias 13 e 27 de abril, além de retorno de forma on-line e com entrega de atividades para quem não tiver acesso a internet. A suspensão de eventos e atividades, além do fechamento dos equipamentos públicos de lazer e entretenimento reduziram a circulação de pessoas na cidade.

O fechamento do comércio por tempo determinado e com reabertura a partir do dia 23 de abril, para empresas MEI’s, ME’s e EPP’s com as medidas de segurança e higiene devidamente adotadas e fiscalizadas pela Operação Saturação, visa uma circulação contida de pessoas, sem excesso, proximidade ou aglomerações. Além da orientação à iniciativa privada de como proceder, sanções podem ser aplicadas a quem desobedecer os protocolos de higiene e distanciamento.

A fiscalização nas principais entradas da cidade, a permissão de transporte coletivo intermunicipal entre São Paulo e Atibaia para profissionais de saúde e segurança, redução dos horários de ônibus urbanos, a intervenção da empresa SOU e medidas de higiene foram necessárias para o enfrentamento à pandemia. O Executivo ainda reforçou o atendimento para pessoas em situação de rua, realizou quatro edições do Drive Thru Solidário do Fundo Social para arrecadar alimentos e produtos de higiene e limpeza e intensificou a entrega de cestas básicas (em domicílio) para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

No dia 23 de abril a Prefeitura iniciou a distribuição de 50 mil kits com álcool gel e máscara à população dando suporte para que os que possuem menos acesso na aquisição destes materiais também possam se proteger. O uso de máscaras pela população em locais públicos e de circulação de pessoas passou a ser obrigatória na mesma data.

As ações citadas e outras inúmeras adotadas pela Administração Municipal foram decisivas para manter, até o momento, uma curva achatada em Atibaia. A Prefeitura alerta que todas as medidas não são isoladas e, precisam da conscientização e participação de toda a população da cidade. Os números de isolamento social apresentados pelo Governo do Estado de São Paulo indicam que, durante este último final de semana, de Dia das Mães, Atibaia contabilizou 49% de adesão ao isolamento no sábado (09) e 55% no domingo (10). A medição da taxa de isolamento é um dos indicadores de possível aumento ou não da disseminação do vírus na cidade.

Modo Texto