Atibaia sedia 22º Encontro Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação
2 de agosto de 2018 | 16h48

Atibaia sedia 22º Encontro Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação

Representantes de 60 municípios discutirão sobre a implementação da
Base Nacional Comum Curricular e o papel dos Conselhos Municipais na sua formulação

Por ser destaque nacional na área de Educação, Atibaia recebe na próxima semana o 22º Encontro Estadual da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação – UNCME. O tema do encontro, que acontece no Centro de Convenções e Eventos “Victor Brecheret” nos dias 8 e 9 de agosto, será “O Conselho Municipal de Educação protagonista na ação de construção de currículos após a homologação da BNCC”.

O evento já conta com mais de 280 pessoas inscritas, que representarão 60 cidades do Estado de São Paulo na discussão sobre as ações de implantação da Base Nacional Comum Curricular – BNCC e elaboração do currículo de cada município.

A UNCME é uma entidade representativa dos Conselhos Municipais de Educação que tem o objetivo de incentivar a criação e o funcionamento destes colegiados e os defende como órgãos de Estado, de participação, representatividade e controle social.

De acordo com a secretária de Educação de Atibaia, Márcia Bernardes, o município possui um Conselho Municipal de Educação que, com atuação colaborativa com a Administração Municipal, vem trazendo bons resultados e avanço na qualidade da aprendizagem, sendo um modelo a ser seguido pelos demais municípios. “Atibaia tem destaques na educação estadual e nacional que merecem ser compartilhados com os demais municípios. Será um momento valioso de troca de experiência entre os conselheiros e demais participantes”, afirma.

A Educação de Atibaia é reconhecida em todo o Brasil pela boa posição em índices importantes, como a 20ª colocação no Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB) e nota 7 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) – a maior da história da cidade e uma meta projetada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) para 2021.

Além disso, a cidade tem nota “A – Altamente Efetiva” no Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), uma ferramenta do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo que avalia a efetividade das políticas e atividades públicas desenvolvidas pelos gestores municipais.

Modo Texto