Câmara de Atibaia faz devolução aos cofres públicos e recursos serão utilizados para conclusão do Cine Itá
28 de dezembro de 2018 | 10h32

Câmara de Atibaia faz devolução aos cofres públicos e recursos serão utilizados para conclusão do Cine Itá

Em cerimônia no Fórum Cidadania,
com a presença de diversos representantes do segmento cultural,
foi oficializada a devolução para finalização da obra

O prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza, recebeu simbolicamente, das mãos da vereadora e presidente da Câmara Municipal, Roberta Barsotti, uma cópia de cheque no valor de R$ 893.830,96. A cerimônia de entrega da devolução do recurso ao Executivo aconteceu na tarde de quinta-feira (27), no auditório do Fórum Cidadania. O montante, conforme consta em ofício (nº 069/2018) entregue ao prefeito, deverá ser utilizado na finalização da revitalização do Cine Itá.

Na presença do vice-prefeito, Emil Ono; secretários municipais; coordenadores; vereadores; outros membros do Governo Municipal; representantes e envolvidos com a cultura da cidade; e munícipes, o prefeito agradeceu a economia dos recursos pela Câmara, com sua respectiva devolução aos cofres da Prefeitura; explicando como o montante será utilizado.

“A quantia, proveniente de repasse obrigatório da receita orçamentária da Prefeitura para a Câmara, volta para o caixa do Executivo como superavit, sem destinação específica. Mas será utilizada, em 2019, conforme solicitação da Câmara, e sem qualquer impedimento de nossa parte, que também apoiamos a iniciativa, para as obras de finalização da revitalização do Cine Itá, equipamento cultural há muito pleiteado pela população e pela classe artística de nossa cidade”, disse o chefe do executivo. Também conforme o prefeito, as obras serão iniciadas tão logo seja finalizada a licitação necessária para andamento do processo de reforma e revitalização.

O Cine Itá, prédio inaugurado em 1950 e que é ícone da atividade cultural de Atibaia, passou por um processo de ampliação e a estrutura que já existia foi reformada. Foram refeitos serviços de alvenaria, de cobertura e impermeabilização. Houve ainda a implantação de partes elétrica e de hidráulica, das esquadrias e de louças e metais. Também foi instalado um novo sistema de ar-condicionado.

Agora, com o novo processo licitatório, será possível colocar o equipamento em funcionamento por meio das obras de acabamento, como colocação de carpetes, sistema de som e iluminação, cadeiras, poltronas e de outros equipamentos necessários para a atividade cultural no local.

Modo Texto