Centro de Educação Ambiental é transferido para novo endereço, no Balneário Municipal de Atibaia
17 de agosto de 2018 | 16h00

Centro de Educação Ambiental é transferido para novo endereço, no Balneário Municipal de Atibaia

Espaço será relançado no dia 24 de agosto e funcionará de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h

Na sexta-feira (24), às 9h, a Prefeitura da Estância de Atibaia conclui a mudança de endereço do Centro de Educação Ambiental – CEA, que passará a funcionar em uma das salas do Balneário Municipal (Avenida dos Bandeirantes, nº 564). O espaço ficará aberto de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, e terá acesso livre a alunos, professores e à comunidade em geral, além de disponibilidade para eventos e reuniões na área ambiental mediante agendamento prévio.

Em Atibaia, desde 2011 a Prefeitura mantinha uma “Sala Verde”, espaço na antiga biblioteca do Jardim Imperial e que posteriormente foi transformado em Centro de Educação Ambiental – CEA em atendimento às diretivas do Programa Município VerdeAzul. Agora, com o investimento da Administração Municipal, por meio da Secretaria de Educação, em parceria com a Coordenadoria Especial de Meio Ambiente, e a implementação do Programa Municipal de Educação Ambiental – ProMEA (Lei nº 4.528/2017, com vigência até 2027), o espaço está mudando de endereço e recebendo um novo acervo de livros.

Em seu relançamento, a Prefeitura programou uma ação intermunicipal, promovida pela Coordenadoria Especial de Meio Ambiente em parceria com a iniciativa privada: um workshop com o tema “Análise visual e instrumental, novas técnicas para avaliação de árvores com risco de queda e madeira estrutural”. Participarão do evento técnicos de Atibaia e de diversas prefeituras da região, além de outros profissionais que atuam com a questão ambiental.

Para o Coordenador Especial de Meio Ambiente, Daniel Borghi, o workshop será muito importante para o aperfeiçoamento das técnicas de avaliação de árvores com risco de queda e atualização do conhecimento dos técnicos municipais e dos demais profissionais que atuam na área ambiental, contribuindo para o planejamento e a gestão da arborização urbana nos municípios.

De acordo com a Secretaria de Educação, o novo CEA será um espaço com múltiplas potencialidades, que incentivará a realização de ações socioambientais e atuará como um centro de informação e formação ambiental. Além da disponibilização e democratização do acesso a informações na área, no novo local será possível desenvolver atividades diversas de Educação Ambiental, como cursos, palestras, oficinas, eventos, encontros, reuniões e campanhas, oferecendo à população oportunidades de reflexão e construção do pensamento/ação ambiental.

Para a secretária de Educação, Márcia Bernardes, “assim como o ProMEA, elaborado pela Comissão Municipal de Educação Ambiental – CoMEA, o novo Centro de Educação Ambiental irá fortalecer o trabalho de Educação Ambiental desenvolvido na cidade, uma vez que tem por objetivo integrar as ações de Educação Ambiental, no âmbito formal e não formal, realizadas no município, envolvendo o Poder Público, a sociedade civil e a iniciativa privada no planejamento e execução de ações na área e na aplicação de práticas sustentáveis, que proporcionem qualidade de vida aos cidadãos do município”, afirmou.

Modo Texto