Com Centro Dia do Idoso, Atibaia amplia oferta de políticas públicas voltadas à terceira idade
3 de setembro de 2018 | 17h59

Com Centro Dia do Idoso, Atibaia amplia oferta de políticas públicas voltadas à terceira idade

Espaço foi inaugurado no final de junho para acolhimento
de idosos semidependentes em situação de vulnerabilidade social

Nesta segunda-feira (3) o prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza, esteve no Centro Dia do Idoso (CDI) visitando o público da terceira idade atendido pelo equipamento, cujas instalações completaram pouco mais de dois meses desde a inauguração, realizada em 30 de junho deste ano. O coordenador do Idoso de Atibaia, Marcos Moura, e a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Magali Basile, também acompanharam o chefe do Executivo durante a visita.

A Prefeitura vem ampliando, no decorrer dos últimos anos, a atenção destinada à terceira idade do município. Hoje, há aproximadamente 26 mil idosos em Atibaia, sendo milhares inseridos em políticas públicas oferecidas gratuitamente pela Administração Municipal. E entre os investimentos mais recentes na área está justamente a inauguração do Centro Dia do Idoso, espaço para acolhimento diário de até 40 idosos, com idade igual ou superior a 60 anos, em situação de vulnerabilidade social e semidependentes.

No momento, 15 idosos nessas condições são atendidos diariamente no local – há 34 idosos em fase de avaliação para ingresso no CDI e 25 vagas abertas além das 15 ocupadas entre 40 disponíveis. Os atendidos recebem alimentação balanceada, em quatro refeições, cuidados e atividades assistenciais ao longo do dia – enquanto seus familiares estão no trabalho e não podem, portanto, atendê-los. Além de medidas para a manutenção da capacidade funcional, estimulação e treino cognitivo, entre as ações oferecidas no CDI estão atividades físicas, como pilates adaptado, e de cultura e lazer, como artesanato, artes plásticas, teatro, contação de histórias e dança sênior.

O CDI “Agenor Pedroso de Souza” (conforme Lei Municipal nº 4.589/2018) é um equipamento do Programa SP Amigo do Idoso, do Governo Estadual, administrado pela Prefeitura em parceria com a Associação Beneficente Viva Vida. Um repasse de cerca de R$ 400 mil/ano em recursos próprios é destinado para a operação, enquanto a obra contou com R$ 1.008.752,07 aplicado na construção do prédio e investimento de R$ 150 mil em equipamentos. No espaço estão disponíveis banheiros especialmente adaptados, área de descanso, sala de convivência e enfermaria.

Segundo o prefeito, os investimentos na área são necessários para ampliar ações que garantam o envelhecimento ativo dos munícipes, com mais qualidade de vida para todos. “A Prefeitura mantém uma série de serviços que estimulam a participação dos idosos em atividades culturais, esportivas e recreativas, todas gratuitas. São inúmeras as iniciativas na área, referenciando Atibaia como um município que oferece diversas políticas públicas voltadas para a terceira idade”, salientou.

Para frequentar o CDI o idoso deve estar referenciado em uma das quatro unidades do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS da cidade, ou no Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, ou ainda procurar o CDI de forma espontânea (por si próprio ou por meio da família), devendo cumprir os três critérios estabelecidos para ingresso no serviço: vulnerabilidade e fragilidade social; graus de dependência I e II (segundo ANVISA); e familiares que trabalhem e/ou estudem; em caso de empate na vaga, o critério de desempate será o idoso de maior idade (80 anos ou mais). O Centro Dia do Idoso localiza-se na Rua Chuva de Ouro, s/nº, Nova Atibaia/Jardim Cerejeiras.

Políticas públicas para a terceira idade em Atibaia

De acordo com a Coordenadoria Especial do Idoso, diversas iniciativas do Executivo Municipal já referenciam Atibaia como uma cidade que oferece políticas públicas voltadas para os idosos, como: o próprio Centro Dia do Idoso; a criação da Coordenadoria Especial do Idoso, em 2014, que ampliou a representatividade dos idosos no Poder Público; a inauguração da Academia da Saúde, no Jardim Cerejeiras, em dezembro do mesmo ano, com equipamentos modernos, serviços em saúde e atividades gratuitas disponíveis à terceira idade; o Programa AtibaiaAtiva, com cerca de 6 mil cadastrados e presença em 19 bairros, responsável por promover saúde, bem-estar e lazer junto aos idosos; o Programa Raimunda Moura, que oferece tratamento diferenciado para pacientes com Parkinson, além de apoio aos seus familiares; o ambulatório de Osteoporose, que conta com geriatra e realiza um trabalho de prevenção da doença; o Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI) do Alvinópolis; o Conselho Municipal do Idoso; entre outras ações e projetos do município.

Modo Texto