Como se proteger e evitar o contágio em filas de banco e supermercado
7 de abril de 2020 | 17h04

Como se proteger e evitar o contágio em filas de banco e supermercado

Para os consumidores que necessitam sair de casa e realizar compras ou operações financeiras, é necessário seguir algumas recomendações básicas para evitar a disseminação do novo Coronavírus

Mesmo com as recomendações de quarentena, pedindo para as pessoas ficarem em casa e conter o avanço do coronavírus em Atibaia, o movimento nas agências bancárias e supermercados tem se intensificado nesta semana em razão do pagamento salarial de funcionários e a disponibilização pelo Governo Federal do auxílio emergencial.

As filas e a aglomeração de pessoas representam risco para a população. Por isso é necessário observar que algumas medidas precisam ser adotadas para evitar o contágio tornando a circulação, quando necessária, o mais segura possível:

1. Dar preferência pela utilização digital via celular ou app para realizar as transações bancárias ou compras via delivery;

2. Manter a distância recomendada de 2 metros na fila, dentro e fora de agências bancárias e supermercados;

3. Utilizar o álcool gel fornecido pelo estabelecimento para higienizar as mãos ao entrar e sair;

4. Utilizar máscaras, mesmo caseiras, sempre que possível;

5. Denunciar aglomerações via Ouvidoria no telefone 0800-7733996 ou pelo Whatsapp (011)95610-4538.

A Prefeitura de Atibaia reforça que tanto a rede bancária como a de supermercados, estão sendo constantemente orientadas a cumprir as determinações para evitar aglomerações dentro e fora dos estabelecimentos. Alguns bancos, inclusive, demarcaram a calçada para que as pessoas mantenham o distanciamento necessário.

O trabalho conjunto entre a divisão de fiscalização e a Guarda Municipal, com o apoio das Polícias Militar e Civil, tem sido intensificado para coibir as aglomerações na cidade. A Prefeitura ressalta que a colaboração da população para conter a propagação do vírus, neste momento, é crucial e recomenda que as pessoas sigam as orientações do governo do estado de São Paulo e do Ministério da Saúde para não sair de casa, mantendo o isolamento social e respeitando a quarentena.

Modo Texto