30 de Janeiro de 2018 | 11h12

Coordenadoria Especial de Meio Ambiente participa da Operação Verão em Atibaia

Ação da coordenadoria tem como objetivo fiscalizar as obras de terraplenagem no município.

Ação da coordenadoria tem como objetivo fiscalizar
as obras de terraplenagem no município

Neste período de chuvas está em andamento a Operação Verão 2017/2018 da Defesa Civil de Atibaia, um trabalho de monitoramento, prevenção, preparação e resposta a desastres, com maior atenção para as áreas de risco de inundação e escorregamento no município. Para evitar que a cidade seja acometida por adversidades, a Coordenadoria Especial de Meio Ambiente também está participando da operação, com vistorias preventivas em algumas áreas mais suscetíveis.
Inundações e deslizamentos de terra são foco de atenção e preocupação constantes do Poder Público municipal. Apesar de constituírem eventos naturais perigosos, algumas intervenções humanas contribuem para a intensificação dos deslizamentos de terra e inundações, como é o caso das obras de terraplenagem/movimentação de solo – quando há cortes e aterros mal dimensionados e sem atender critérios técnicos específicos, taludes sem proteção, drenagens mal executadas, etc.

ARQUIVO SECOM/ILUSTRAÇÃO

A Administração Municipal atua na fiscalização ambiental e também conta com o apoio da população, que pode denunciar situações irregulares e, dessa forma, auxiliar na prevenção de ocorrências desta natureza no município (telefone para denúncias: 0800.77.33.996). O Coordenador Especial de Meio Ambiente, Daniel Borghi, afirma que toda intervenção ambiental é passível de fiscalização, seja ela autorizada ou feita à revelia.
A participação da Coordenadoria Especial de Meio Ambiente de Atibaia na Operação Verão acontece com equipes que atuam com o objetivo de fiscalizar as obras de terraplenagem/movimentação de solo e fornecer orientações técnicas aos munícipes. Durante a ação, há verificação se os empreendimentos possuem Alvarás de Licença – terraplenagem, movimentação de terra, cortes/aterros, conforme estabelecido em legislação municipal. A Coordenadoria salienta que em razão do número de ocorrências estão sendo priorizados os seguintes bairros do município: Tanque, Portão, Rosário, Caetetuba, Guaxinduva e Itapetinga.
Modo Texto