Criação da Secretaria de Meio Ambiente reforça gestão ambiental em Atibaia
25 de maio de 2021 | 17h15

Criação da Secretaria de Meio Ambiente reforça gestão ambiental em Atibaia

Novidade atende a uma demanda característica de uma estância climática com rico patrimônio natural, repleta de recursos ambientais a serem geridos

A nova Reforma Administrativa implementada pela Prefeitura da Estância de Atibaia contou com uma revisão da estrutura organizacional do Poder Executivo que, entre outras novidades, criou a Secretaria de Meio Ambiente em substituição à antiga Coordenadoria Especial de Meio Ambiente, reforçando a gestão ambiental mantida em Atibaia. O ajuste atendeu a uma demanda característica de um município como Atibaia, estância climática com rico patrimônio natural, portanto repleta de recursos ambientais a serem geridos.

Para se ter uma ideia do volume de trabalho na área de Meio Ambiente na cidade, apenas nos primeiros 100 dias de governo neste ano, mais de 380 ações de licenciamento, fiscalização e conservação ambientais foram realizadas pela Prefeitura.

A Secretaria de Meio Ambiente também é a responsável pela gestão das duas unidades de conservação municipais, o Parque Natural Municipal da Grota Funda e a Área de Proteção Ambiental (APA) do Rio Atibaia. E o Governo Municipal também está trabalhando na criação de uma terceira unidade: o Monumento Natural Municipal do Morro do Saci.

Entre as atividades da Pasta também estão a cobertura vegetal da cidade, gerenciando o Fundo Municipal de Arborização Urbana (FUMDARB) – que destina recursos oriundos de compensação ambiental para as ações de arborização urbana – e disponibilizando à população o Guia de Arborização Urbana (GAU), com dicas e orientações quanto ao plantio e manejo de espécies arbóreas nos espaços urbanos; estudos ambientais; projetos de conservação; e ainda discussão de questões socioambientais de interesse público junto aos conselhos ambientais do município.

A construção de uma Atibaia cada vez mais atenta ao Meio Ambiente também se traduz em iniciativas municipais como o Programa Papa Óleo e a campanha de arrecadação de tampinhas plásticas.

O Papa Óleo é um programa que promove a coleta de óleo usado em diversos pontos da cidade (especialmente creches e escolas municipais), poupando da contaminação milhares de litros de água ao promover a reciclagem desse resíduo e evitar o seu descarte inadequado. O óleo coletado é encaminhado para reciclagem e revertido em uma barra de sabão (a cada sete litros de óleo) ou um detergente (a cada nove litros), e esses produtos de limpeza são entregues ao Fundo Social de Solidariedade e repassados às famílias em situação de vulnerabilidade cadastradas na Assistência Social do município.

Já a arrecadação de tampinhas de plástico, que acontece em diversos pontos de coleta distribuídos por Atibaia, tem como objetivo a troca por cobertores novos para a Campanha de Inverno deste ano, unindo sustentabilidade e solidariedade. As tampinhas arrecadadas são encaminhadas a uma empresa parceira, que então as recolhe e reverte tudo em doação de cobertores novos para repasse do Fundo Social a quem mais precisa no município.

Vale lembrar que em 2020 Atibaia conquistou, pelo oitavo ano consecutivo, o Selo Município VerdeAzul, certificação concedida pelo Governo do Estado de São Paulo – Secretaria Estadual do Meio Ambiente aos municípios paulistas que desenvolvem ações e projetos na área ambiental. Com 82,59 pontos contabilizados no exercício de 2019, Atibaia garantiu a 72ª colocação entre mais de 600 municípios e recebeu a certificação e um troféu do Governo do Estado.

print