Defesa Civil alerta para risco de tempestades na região
19 de janeiro de 2021 | 17h19

Defesa Civil alerta para risco de tempestades na região

Aviso de risco meteorológico emitido ontem (18) pela Defesa Civil estadual alerta cidades da região sobre pancadas de chuva forte nos próximos dias

Em aviso meteorológico divulgado ontem (18), a Defesa Civil do estado de São Paulo alertou sobre o risco de pancadas de chuva forte e tempestades na faixa leste, que engloba as regiões de Campinas, Vale do Paraíba e litoral norte. De acordo com o alerta estadual, entre hoje e quinta-feira (21) podem ocorrer pancadas de chuva forte, com momentos de tempestade severa, incluindo raios e ventos fortes. Com as chuvas dos últimos dias e o alerta de que o acumulado das próximas 72h deve ser acima da média, a Defesa Civil de Atibaia avisa sobre a possibilidade de deslizamentos, alagamentos, enchentes e ocorrências relacionadas a raios e ventos.

De acordo com dados divulgados pela Defesa Civil de Atibaia, apenas no bairro da Boa Vista, a chuva acumulada nos primeiros 18 dias do mês de janeiro foi de 248 mm, sendo que em todo o município, o acumulado foi de 260 mm nesse mesmo período. A maior parte das chuvas aconteceu na semana passada, entre os dias 11 e 14, quando o bairro do Boa Vista teve um acumulado de 135 mm, 1/3 da chuva prevista para todo este mês.

Somente no temporal que aconteceu na noite da última quarta-feira (13), a cidade registrou índice pluviométrico de 76 mm, o equivalente a ¼ do que era esperado para o mês de janeiro, provocando o transbordamento do Rio Atibaia, causando inundações e enchentes na região do Guaxinduva, Parque das Nações, Jardim Kanimar e Caetetuba, além de quedas de árvores e deslizamentos no Tanque, Boa Vista e Cachoeira.

As chuvas também afetaram os bairros Três Pistas e Parque das Nações, mas a Defesa Civil não registrou residências que tenham sido atingidas pelo transbordamento do rio e córregos. Embora tenha registrado casas afetadas por enxurradas e retorno de esgoto na região do Caetetuba, a Defesa Civil esclarece que as ocorrências aconteceram devido a despejo irregular efetuado por moradores e não tem a ver com o transbordamento do Rio Atibaia.

Apesar dos transtornos causados pelo temporal em diversos pontos da cidade, a Defesa Civil não registrou ocorrências de feridos, desabrigados e desalojados, e sobre o transbordamento, informou que ontem (18) as águas do rio começaram a voltar para a calha, o que deve ocorrer nas próximas horas e normalizar, por ora, a situação.

A Prefeitura também conta um Plano de Contingência preparado, com equipes de sobreaviso para prestar serviços de socorro e recuperação em caso de necessidade. A Defesa Civil, responsável por coordenar e supervisionar as ações de resposta a emergências e desastres relacionados a eventos naturais, continuará o trabalho de monitoramento do nível do rio Atibaia e dos índices pluviométricos, atendendo a emergências pelos telefones 199, 4402-7414 e 4411-5108. O atendimento funciona 24 horas.

print