20 de junho de 2018 | 17h03

Erradicação do trabalho infantil: Atibaia sensibiliza mais de mil pessoas sobre o tema

Teatro “A Hora é Agora” foi apresentado no CIEM na última terça-feira,
12 de junho – Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil

Atibaia marca o dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil (12 de junho) com mais de 1.000 pessoas sensibilizadas sobre o tema neste ano, por meio das ações de esclarecimento sobre as regras de trabalho e direitos infantis realizadas pela Prefeitura continuamente no município. Na última terça-feira, o CIEM (Centro Integrado de Educação Municipal) recebeu o teatro “A Hora é Agora” do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI e roda de conversa.

Participaram da ação, cerca de 80 pessoas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo do CRAS, em parceria com o projeto Curumim e Espaço Crescer e crianças acolhidas na Casa do Caminho, além da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Magali Basile, e a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONDICA, Mara Valente.

O PETI, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, é um conjunto de ações que têm o objetivo de retirar crianças e adolescentes menores de 16 anos do trabalho precoce, exceto na condição de aprendiz a partir de 14 anos.

De acordo com a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, a Administração Municipal desenvolve ações preventivas para erradicar o trabalho infantil, entre elas apresentação de teatro para mobilizar e conscientizar a população para esta problemática. “As peças e as rodas de conversa sensibilizam crianças e pais sobre trabalho infantil, com foco na importância das necessidades dos pequenos, como brincar e estudar, além de alertar as famílias para o respeito de cada fase do desenvolvimento infantil”.

Denúncias

A segurança das crianças e adolescentes é garantida com a participação de todos. Para denunciar uma situação de trabalho precoce, basta ligar no Disque 100, além dos canais municipais: SADS (fone: 4414-0650); Conselho Tutelar (fone: 4418-2030); Ouvidoria Geral do Município (fones: 4414-2124/2125); Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) dos bairros Caetetuba (fone: 4402-4329), Imperial (fone: 4412-4614), Portão (fone: 4416-9183), Tanque (fone: 4416-1554) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (fone: 4412-3717).

Modo Texto

Deixe um comentário