Feira Permanente de Flores e Plantas passa a acontecer das 8h às 14h, todo sábado
25 de fevereiro de 2022 | 16h54

Feira Permanente de Flores e Plantas passa a acontecer das 8h às 14h, todo sábado

Alteração passa a valer a partir deste sábado (26); feira acontece na Praça Santa Helena, próximo à entrada da cidade

Atibaia, a cidade das flores, conta com uma feira colorida repleta de variadas flores e plantas produzidas pelos produtores rurais da cidade, que são comercializadas na Praça Santa Helena (próximo à entrada do município pela Rod. Fernão Dias, via Av. Jerônimo de Camargo). A tradicional Feira Permanente de Flores e Plantas do Produtor Rural, que acontece todos os sábados, está com novo horário de funcionamento e passará a ser realizada das 8h às 14h, a partir deste sábado (26).

Os visitantes da feira podem encontrar desde flores de corte, vasos, arranjos e suculentas até as famosas orquídeas de Atibaia. Além disso, os temperos em vasos se apresentam como opção para os adeptos da boa culinária e, entre as vantagens oferecidas, está a comercialização realizada pelo próprio produtor, o que proporciona produtos mais frescos e acessíveis ao consumidor. No local, 45 produtores rurais de Atibaia oferecem produtos recém-colhidos e com preços atrativos no mercado.

A Feira Permanente de Flores e Plantas do Produtor Rural é uma realização da Associação dos Produtores de Flores e Plantas Ornamentais de Atibaia (Pró-Flor), com apoio da Prefeitura da Estância de Atibaia, por meio da Secretaria de Agricultura. Vale ressaltar que a feira é realizada mediante cumprimento das regras sanitárias vigentes no enfrentamento à Covid-19, a fim de garantir a proteção de todos os envolvidos, portanto há uso obrigatório de máscara para qualquer pessoa no local.

Cidade das flores
Por que Atibaia tornou-se grande produtora de flores? Algumas razões estão relacionadas ao clima e ao tipo de solo. O clima subtropical da cidade favorece o cultivo de flores. A localização é outro fator que contribui, já que sua posição geográfica, ao lado de grandes rodovias como a Fernão Dias e a Dom Pedro I, favorece o escoamento de toda a produção direto aos grandes centros consumidores e de distribuição. Atualmente, o município conta com uma área de aproximadamente 500 hectares para a produção de flores por ano.

print