Fundo Social de Solidariedade de Atibaia entrega certificados a alunos do Projeto Costurando o Futuro
20 de dezembro de 2018 | 11h13

Fundo Social de Solidariedade de Atibaia entrega certificados a alunos do Projeto Costurando o Futuro

Com iniciativa, 556 conjuntos de uniformes foram produzidos para distribuição
junto a alunos de creches comunitárias no início do ano letivo em 2019

Na segunda-feira (17) o Fundo Social de Solidariedade de Atibaia promoveu a entrega de certificados de conclusão de curso para os alunos do Projeto “Costurando o Futuro”, responsável por produzir 556 conjuntos de uniformes que serão entregues gratuitamente, no início do ano letivo em 2019, a alunos de creches comunitárias. O curso oferecido contou com a parceria do Fundo Social do Estado de São Paulo e teve início em outubro deste ano.

Os 556 kits elaborados serão fornecidos de forma gratuita aos alunos das creches comunitárias do município. Eles contemplam calça, bermuda, agasalho e duas camisetas cada. Segundo o Fundo Social, como os conjuntos foram concluídos antes do prazo previsto para encerramento das aulas, ainda foi possível produzir mais 65 minikits, contendo uma bermuda e duas camisetas cada.

A cerimônia de entrega dos certificados contou com a presença da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Atibaia, Simone Cardoso; da secretária de Educação, Márcia Bernardes; da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Magali Basile; da professora Adriana Perussi; além da equipe do Fundo Social e alunos do projeto.

“Por meio do Costurando o Futuro buscamos oferecer um curso de capacitação a quem procura aprender costura. Como em outras ações desenvolvidas pelo Fundo Social no município, nosso foco mais uma vez foi a geração de oportunidades, ajudando os munícipes a se prepararem para o mercado de trabalho”, afirmou Simone Cardoso.

“Também alcançamos nosso objetivo de contribuir com a Educação em Atibaia, beneficiando as creches comunitárias. Os uniformes escolares ficaram lindos e com certeza serão um diferencial para os estudantes. Parabéns a todos os alunos do projeto pelo carinho e empenho durante o curso e também à professora pela dedicação em todas as atividades”, ressaltou.

O curso de corte e costura contou com 20 alunos e teve duração (carga horária) de 160 horas em cada uma das duas turmas existentes – uma pela manhã e outra no período da tarde. As aulas foram ministradas na sede do Fundo Social, no mesmo espaço onde são realizadas as atividades da Escola da Moda, e os participantes tiveram direito a uma ajuda de custo durante o curso.

Os recursos para a aquisição dos materiais foram disponibilizados pelo Fundo Social do Estado, que também enviou três máquinas industriais novas para o projeto. Já a Prefeitura de Atibaia, em contrapartida, arcou com as despesas relativas aos profissionais que ministraram as aulas e também cedeu as acomodações (sede do Fundo Social) para a realização dos trabalhos.

Todos os uniformes escolares produzidos serão entregues no início do ano letivo em 2019, conforme critério estabelecido junto à Secretaria de Educação de Atibaia: atender, prioritariamente, as creches comunitárias da cidade cujos alunos ainda não contam com uniformes.

Ainda de acordo com o Fundo Social, a proposta é que os cursos de corte e costura mantidos em Atibaia, entre diversos outros, tenham continuidade em 2019, oportunizando novas capacitações à população.

Modo Texto