4 de abril de 2017 | 17h05

Fundo Social de Solidariedade lança campanha “Ciclo Solidário”

Objetivo é conscientizar população sobre a importância das doações às famílias carentes e destacar os cuidados necessários com o material doado

Objetivo é conscientizar população sobre a importância das doações
às famílias carentes e destacar os cuidados necessários com o material doado

 
O Fundo Social de Solidariedade de Atibaia está lançando a campanha “Ciclo Solidário”, com objetivo de conscientizar a população sobre a importância das doações às famílias mais carentes do município, assim como destacar os cuidados necessários com o material doado.
A ação também incentiva o consumo consciente, mostrando a importância de se reaproveitar os itens adquiridos nas doações.
As doações podem ser feitas em qualquer época do ano. A equipe do Fundo Social de Solidariedade de Atibaia recebe diariamente as demandas e, após uma triagem, faz a entrega às pessoas que necessitam do material.
 

 
O Fundo Social de Solidariedade de Atibaia pede às famílias beneficiadas que, caso não precisem mais do material doado, que este seja devolvido ao Fundo Social, de modo que possa ser repassado para outras famílias.
Cartazes e folhetos da campanha estão sendo distribuídos pela cidade. Se você tem itens que possam ser doados em casa, entre em contato com o Fundo Social de Solidariedade.
Sua ajuda é muito bem-vinda. Mais informações pelo telefone 4412-8220.
 
Doações para quem precisa
As doações recebidas pelo Fundo Social de Solidariedade são provenientes de diferentes doadores e distribuídas para famílias e diversas entidades do município.
Uma das entidades que recebem doações regularmente é o “Espaço Crescer”, associação voltada ao fortalecimento da função protetiva das crianças, adolescentes e famílias.
“Recebemos do Fundo Social muitos materiais que são utilizados nos nossos cursos de moda e customização, por exemplo, e também utilizamos roupas doadas em nosso bazar”, contou Cecília, coordenadora da entidade. “Aproveitamos também os materiais reciclados em aulas de artesanato e outros trabalhos artísticos”, completou.
Não só empresas realizam doações frequentes ao Fundo Social, mas também munícipes, que se sensibilizam com o trabalho social e são parceiros importantes do poder público. É o caso, por exemplo, de Cristiane Ribeiro Foraggi, que já doou vários itens para o Fundo Social e, segundo ela mesmo diz, “sempre que pode realiza doações para ajudar o trabalho da Prefeitura na área social”.
“Muitas vezes eu mesmo levei as doações até o Fundo Social, mas também houve vezes em que as equipes vieram buscar o material. É um trabalho sério e nós, como munícipes, podemos contribuir sempre para ajudar as famílias que realmente necessitam”, afirmou. “É essencial a ajuda de todos, pois o que muitas vezes é pouco para a gente, é muito para a pessoa que está passando por dificuldades”.

print