20 de junho de 2018 | 17h02

Maio Amarelo: mais de 1.000 condutores conscientizados no último mês

Quatro escolas também receberam ações de educação no trânsito

Mais segurança para todos! Em Atibaia, o foco das ações do movimento Maio Amarelo da Prefeitura de Atibaia foram atividades educativas e preventivas no trânsito. Ao todo, mais de 1.000 condutores foram abordados e conscientizados sobre os perigos da direção imprudente e em desacordo com as normas de trânsito. Além disso, estudantes de quatro escolas municipais participaram de atividades educacionais.

A Secretaria de Segurança Pública e o Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública – GGI Atibaia orientaram crianças, pais, professores e condutores sobre os perigos do uso do celular durante a condução do veículo, uso de capacetes para o condutor e também para o passageiro, uso de bebidas alcoólicas antes da condução e principalmente a importância do uso do cinto de segurança.

As ações foram realizadas em duas etapas nas escolas Profª Rosiris Maria Andreucci Stopa, Profª Maria Helena Ferraz, CIEM e Profª Maria José Cintra dos Santos. A primeira consistiu em educação preventiva, com orientações aos condutores, e a segunda, em fiscalização na área das escolas.

Ainda dentro do Maio Amarelo, Atibaia também recebeu a intervenção “Carros Amarelos” do artista Leonardo Pereira, em parceria com a Incubadora de Artistas, que fica na Praça Claudino Alves (da Matriz).

As operações vêm gerando bons resultados. De 2016 para 2017 – período em que foram realizadas mais de 60 ações de trânsito, por exemplo, Atibaia teve redução de 40% nas mortes no trânsito, mesmo com o crescimento do número de carros na cidade. Foram 13 óbitos em vias urbanas no ano retrasado contra oito no ano passado. O município também apresentou queda de 20% nas infrações de trânsito, inclusive nas relacionadas à prevenção, como uso de celular, falta do uso do cinto de segurança e estacionamento irregular.

O movimento Maio Amarelo, em Atibaia, foi realizado pelas secretarias de Segurança Pública, Mobilidade e Planejamento Urbano e Educação, além de contar com o apoio Rota das Bandeiras.

Modo Texto

Deixe um comentário