Maio Amarelo: Prefeitura de Atibaia realiza Berçário do Trânsito
6 de maio de 2022 | 13h37

Maio Amarelo: Prefeitura de Atibaia realiza Berçário do Trânsito

Alunos da rede municipal de ensino tiveram aulas de educação no trânsito com a Polícia Rodoviária Federal em ação da campanha Maio Amarelo

Em Atibaia, a educação no trânsito é aplicada desde a infância por meio do projeto Berçário do Trânsito, que oferece aulas para as crianças do 4º ano do Ensino Fundamental da rede municipal de ensino. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Polícia Rodoviária Federal e a Prefeitura da Estância Atibaia, enfatizando o tema da campanha “Maio Amarelo” deste ano: Juntos Salvamos Vidas.

O projeto Berçário do Trânsito iniciou as atividades do ano letivo de 2022 na última terça-feira (3), no hangar do Aeródromo Municipal Dr. Olavo Amorim Silveira, com palestras, visitação ao hangar da PRF e atividades lúdicas sobre trânsito e segurança viária realizadas em uma minirodovia instalada no hangar. Com apoio pedagógico da Secretaria de Educação e outras entidades parceiras, as ações do projeto são conduzidas por policiais rodoviários federais e têm o intuito de formar cidadãos conscientes quanto à convivência no trânsito. Neste ano, o Berçário no Trânsito pretende atender cerca de 1.850 crianças, de 27 escolas.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a iniciativa visa despertar a conscientização para um comportamento seguro nas crianças logo no início da etapa estudantil. “A ideia da PRF é que as crianças sejam multiplicadoras de um ambiente seguro em seu ambiente familiar e escolar. Trabalhamos com fiscalização e conscientização de adultos, mas já construir um comportamento seguro nas crianças desde a infância é essencial”, explicou o educador de trânsito e policial rodoviário federal, Flávio Catarucci.

A intenção da campanha Maio Amarelo é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, tornando o trânsito mais seguro e reduzindo o número de acidentes. De 2020 para 2021 Atibaia teve redução de 44% nas mortes no trânsito, mesmo com o crescimento do número de veículos na cidade. Foram 27 óbitos em vias urbanas no ano retrasado contra 15 no ano passado.

*Atualizada em 6 de maio de 2022, às 14h18

print