Mudas de morango da Embrapa doadas pela Prefeitura para os produtores locais têm ótimo resultado em Atibaia
17 de setembro de 2021 | 12h29

Mudas de morango da Embrapa doadas pela Prefeitura para os produtores locais têm ótimo resultado em Atibaia

Morangos de boa qualidade foram colhidos de mudas vindas de Pelotas-RS, onde ocorre programa de melhoramento genético

Neste mês de setembro, a safra do morango em Atibaia apresentou ótima qualidade dos frutos por meio de mudas doadas pela Prefeitura da Estância de Atibaia e trazidas ao município da unidade “Clima Temperado” da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, localizada na cidade de Pelotas-RS, onde está sendo desenvolvido programa de melhoramento genético do morango.

Desde o final de 2018, a partir de tratativas realizadas pela Secretaria de Agricultura envolvendo a Embrapa Clima Temperado e a Associação dos Produtores de Morangos e Hortifruti de Atibaia, Jarinu e Região, está sendo realizada uma parceria para o desenvolvimento de variedades novas de morango, que irá beneficiar os produtores da região e de todo o Brasil. Atualmente, estão em teste diversos genótipos de morangueiros desenvolvidos pela Embrapa em alguns produtores de morangos de Atibaia e da região.

A Prefeitura distribuiu neste ano até 130 mil mudas de morango a produtores do município, das quais cerca de 9.000 eram da Embrapa Pelotas-RS, em teste para saber como reagiriam ao clima e solo da cidade, e o resultado foi positivo, tanto em qualidade, cor, sabor e suculência. A doação das mudas ocorreu através do Programa de Revitalização da Cultura do Morango, em que mudas de morango são doadas para os produtores rurais cadastrados na Secretaria de Agricultura.

No total, a safra 2021 de morango em Atibaia atingiu 3 milhões de pés, com previsão de 500g a 800g de morango por pé. As principais variedades são camino real, camarosa, san andreas e crystal.

Atibaia é reconhecida pelo pioneirismo na Produção Integrada de Morangos (PIMo), e contabiliza produtores detentores do Selo Brasil Certificado: Agricultura de Qualidade, emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e que atesta a qualidade da produção. O programa PIMo não foi executado em 2020, uma vez que, devido à pandemia, os auditores não estavam realizando as certificações, mas em 2021 será feita auditoria no final de setembro e começo de outubro, garantindo as certificações.

print