Obra de construção do Hospital Municipal recebe primeiros serviços
18 de junho de 2020 | 12h15

Obra de construção do Hospital Municipal recebe primeiros serviços

Hospital de Atibaia ficará na Avenida Maria Alvim Soares, no Alvinópolis

A construção do Hospital Municipal de Atibaia foi iniciada oficialmente no último dia 1º de junho, quando Atibaia vivenciou um momento histórico para a saúde na cidade com a instalação da pedra fundamental do hospital. Desde então, alguns serviços já foram realizados no local onde o hospital está sendo construído, na Avenida Maria Alvim Soares, Jardim Alvinópolis.

Segundo a Secretaria de Obras Públicas, a Prefeitura já concluiu a fase dos projetos de arquitetura, instalações, terraplenagem, contenções, drenagem e combate a incêndio e, no momento, estão em andamento: a sondagem do solo; o levantamento e a confirmação da topografia; o pedido de instalação de água e esgoto provisórios para o canteiro de obras junto à SAAE; o pedido de instalação de energia provisória junto à Elektro; o projeto do canteiro de obras; a negociação com empresas de terraplenagem; e as contratações para execução dos serviços.

Obra de construção do Hospital Municipal recebe primeiros serviços

Ainda conforme a Secretaria de Obras Públicas, os próximos serviços em campo serão: a instalação do canteiro de obras; a terraplenagem do terreno; e as obras de contenção, que podem ser iniciadas quando a terraplenagem estiver avançada.

A localização definida para a construção do hospital é considerada estratégica por ser de fácil acesso graças à proximidade da Rodovia Fernão Dias e se encontrar entre algumas das regiões mais populosas do município, como Centro/Alvinópolis e Imperial/Caetetuba/Cerejeiras. O terreno, vizinho à Primeira Igreja Batista de Atibaia – PIBA, é da própria Prefeitura, com área total de 10.126,78 m², e a área construída será de 7.826,36 m².

O prazo de execução das obras é de 18 meses e, assim que estiver concluído, o hospital será operado por meio de contrato de gestão, ou seja, a administração não acontecerá de forma direta pela Prefeitura, mas sim pela contratação de uma Organização Social.

Entre as características do hospital se destacam: a sua capacidade, contando com 125 leitos; a modernidade das instalações, que oferecerão ainda mais qualidade no atendimento oferecido à população; cirurgia de alta complexidade; pronto-atendimento; geradores para funcionamento mesmo em caso de falta de energia elétrica; além do próprio projeto, que comporta ampliações futuras em caso de necessidade.

Modo Texto