Ocupação dos leitos de UTI em Atibaia está controlada
20 de maio de 2020 | 12h03

Ocupação dos leitos de UTI em Atibaia está controlada

Dos 33 leitos de UTI à disposição dos pacientes, oito estão ocupados para tratamento contra o Coronavírus, o que representa 25%

Atibaia apresenta um cenário mais controlado em relação aos casos confirmados de Coronavírus em comparação com a média estadual. Os números oficiais de ocupação dos leitos hospitalares, reservados para casos de COVID-19 são de 25% em UTI’s e 55% em enfermarias, contabilizando as vagas públicas e particulares. No entanto, o considerável aumento de casos no país e no Estado de São Paulo exige atenção e cuidados rigorosos por parte do poder público, como já vem sendo adotado e, de maior adesão da população.

Em atenção a atual situação e em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde, a Santa Casa e os hospitais privados decidiram pela reserva de leitos que atendessem apenas os casos de Coronavírus. Ainda, foram locados pela Prefeitura da Estância de Atibaia quatro leitos de enfermaria e cinco de UTI no Hospital Bragantino. Assim, hoje, a população de Atibaia conta com 40 leitos de enfermaria e 33 de Unidade de Terapia Intensiva à disposição para casos de COVID-19.

Ocupação dos leitos de UTI em Atibaia está controlada

Nesta terça-feira (19), dos 40 leitos de enfermaria disponibilizados, 22 estão ocupados por pacientes positivados ou com suspeita, o que representa 55% de ocupação. Em relação aos leitos de UTI, das 33 unidades, oito estão com pacientes internados pela doença ou suspeita de Coronavírus, o que representa 25%.

A quantidade de leitos disponibilizados pode ser flexibilizada conforme a necessidade mas, o mais importante neste momento é que todas as medidas adotadas sejam cumpridas e os protocolos de segurança obedecidos com rigor para que não haja aumento de casos de Coronavírus na cidade.

Modo Texto