PECA garantiu mais de 1.400 atendimentos gratuitos em Atibaia
28 de janeiro de 2022 | 16h53

PECA garantiu mais de 1.400 atendimentos gratuitos em Atibaia

Programa Expedições Científicas e Assistenciais, realizado no município em parceria com a Prefeitura, atendeu a comunidade da região de Caetetuba

O Programa Expedições Científicas e Assistenciais (PECA) da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP) e da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho (FAVC), realizado em Atibaia em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, garantiu mais de 1.400 atendimentos médicos e de equipe multiprofissional (enfermeiros, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos e terapeutas ocupacionais) gratuitos para crianças, jovens, adultos e idosos da comunidade dos condomínios residenciais Jerônimo de Camargo, no Caetetuba.

A ação, realizada entre os dias 20 e 25 deste mês no município, levou atendimento integral em 24 especialidades para a população da região de Caetetuba. A edição 2022 do PECA contou com alunos e profissionais da Enfermagem, Fonoaudiologia e Medicina da FCMSCSP, voluntários de outras profissões e instituições e a equipe da Secretaria de Saúde de Atibaia, todos formando um mutirão para atender demandas da saúde e diminuir eventuais filas de espera de pacientes agendados das unidades básicas de saúde da cidade.

Durante a semana de atividades do PECA, também aconteceu uma roda de conversa on-line, denominada “Conflitos Familiares Difíceis” (CONFAD), com a facilitadora Prof.ª Dra. Maria Fernanda Terra, da FCMSCSP, e participação de outros membros especialistas no assunto, como representantes dos setores envolvidos no acolhimento e atendimento da mulher em estado de violência doméstica.

Programa de extensão universitária e voluntário da FCMSCSP, o PECA tem como objetivo estimular o compromisso com o atendimento integral à saúde do paciente e a responsabilidade social dos alunos dos cursos de Graduação em Medicina, Enfermagem e Fonoaudiologia da Instituição. Por meio do contato com a realidade socioeconômica e cultural da região visitada, os alunos têm a oportunidade de observar as influências dos fatores regionais e da organização familiar e social no universo do paciente.

O PECA é promovido anualmente, no final do mês de janeiro (período de recesso na faculdade), em um município selecionado no Estado de São Paulo e, normalmente, por dois anos consecutivos – Atibaia já havia recebido o programa em janeiro de 2020.

print