Prefeitura de Atibaia dá início às obras do Complexo Santa Clara, em Caetetuba
10 de julho de 2018 | 18h33

Prefeitura de Atibaia dá início às obras do Complexo Santa Clara, em Caetetuba

Espaço contará com a maior Unidade de Saúde do município,
além de espaço poliesportivo, pista de skate, centro comunitário, entre outros

Em 2010, a Prefeitura de Atibaia instalava abrigos improvisados, no Campo Santa Clara, em Caetetuba, para o recebimento de famílias desabrigadas pelas enchentes que atingiram o município na época. Oito anos depois, neste último sábado (7), a comunidade do bairro virou mais uma página dessa história após o prefeito Saulo Pedroso de Souza assinar, no mesmo local, a ordem de serviço para o início das obras do Complexo Santa Clara, considerado o maior complexo público de Atibaia em termos de concentração de equipamentos disponíveis à população.

No local será construída uma moderna e ampla unidade de saúde (que será a maior da cidade), um campo de futebol society (com grama sintética), uma quadra poliesportiva, academia ao ar livre, pista de caminhada, pista de skate, vestiários, parque infantil, centro comunitário, além de uma área de convivência, para que o complexo funcione como um espaço de lazer e cidadania.

Durante o ato que autorizou o início das obras, o prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza, lembrou que os abrigos instalados em 2010 permaneceram no Campo Santa Clara até março de 2014, quando a Administração Municipal garantiu a mudança das famílias para as moradias do Conjunto Habitacional Caetetuba II, uma grande conquista para a comunidade na época.

“A construção do Complexo Santa Clara é mais uma ação de resgate da dignidade da população do bairro, um dos mais populosos da cidade. Nos últimos anos toda a região do Caetetuba recebeu investimentos expressivos do Poder Executivo, especialmente na área de infraestrutura, com implantação de esgoto e asfalto”, salientou o prefeito. “E a comunidade tinha a expectativa de que o governo viabilizasse novas melhorias, então agora estamos iniciando essa obra e temos certeza de que, desde o primeiro dia de funcionamento, o complexo melhorará ainda mais a qualidade de vida da população, fazendo mais uma vez a diferença na vida das pessoas”, concluiu Saulo.

Além do prefeito estiveram presentes na cerimônia o vice-prefeito Emil Ono; a secretária de Saúde, Maria Amélia Sakamiti Roda; o secretário de Esportes e Lazer, Otávio de Lima; o secretário de Obras Públicas, Ricardo Pissulin; a presidente da Câmara Municipal, vereadora Roberta Barsotti; os vereadores Prof. Fabiano de Lima, Ademilson Militão, Michel Carneiro, Julio Cesar Mendes, Zé Machado, Marcão do Itapetinga e Reginaldo Costa; entre outros secretários, coordenadores e comunidade do bairro Caetetuba.

Complexo Santa Clara

O local conhecido como Campo do Santa Clara é um sistema de lazer com área de aproximadamente 8.500 m², localizado em Caetetuba, região caracterizada por áreas residenciais muito diversificadas e de densidade populacional média a alta.

O projeto de implantação do Complexo Santa Clara qualifica esse espaço como opção de lazer, cidadania e saúde, oferecendo equipamentos públicos de relevância para o bairro e para a cidade. Além dos serviços que serão disponibilizados no local, o complexo receberá completo paisagismo e moderna iluminação por meio de lâmpadas led, além de bancos, lixeiras, bicicletário e mesas em concreto, sendo inteiramente inclusivo e acessível a todas as pessoas.

A unidade de saúde a ser construída seguirá o modelo definido pelo Ministério da Saúde para UBS IV, com os ajustes necessários às necessidades de Atibaia, conforme indicações da Secretaria Municipal de Saúde. Com área de 580 m², a UBS possuirá infraestrutura adequada para os profissionais de saúde e para os usuários do SUS, contando com consultórios, farmácia, atendimento odontológico, salas de vacinação, coleta, inalação, curativos e procedimentos, além dos demais espaços administrativos e de apoio.

A obra – sob responsabilidade da empresa contratada Alltec Construções e Comércio Ltda. – tem valor total de R$ 3.167.119,41, com recursos próprios da Prefeitura, sendo cerca de R$ 1,5 milhão oriundo do orçamento destinado pelo Poder Executivo à Câmara Municipal em 2017.

Modo Texto