Prefeitura realiza cadastro obrigatório de usuários do SUS em Atibaia
3 de março de 2020 | 12h37

Prefeitura realiza cadastro obrigatório de usuários do SUS em Atibaia

Usuários do sistema devem se dirigir até as unidades de saúde, portando RG, CPF e comprovante de residência, até o dia 30 de abril

Em cumprimento as exigências do Ministério da Saúde, a Prefeitura da Estância de Atibaia está realizando o cadastro dos usuários do SUS no município. A atualização das informações recolhidas deve estar concluída até o dia 30 de abril. Para atender a demanda, todas as unidades de saúde estão com equipes para atender a população e orientar o preenchimento das informações solicitadas.

Vale ressaltar que o fato de ter o cartão SUS não quer dizer que o cadastro individual do e-SUS esteja correto. Mesmo quem possui o cartão SUS atualizado, deve procurar uma das 19 unidades de saúde da rede municipal, das 7 às 16h para efetivar o cadastro. A documentação necessária é RG, CPF, cartão SUS (caso tenha) e comprovante de residência.

As informações coletadas serão disponibilizadas no e-SUS, um banco de dados que vai nortear e determinar os investimentos na área da saúde nos mais de 5 mil municípios brasileiros. O novo modelo de financiamento da atenção primária terá como base de investimentos o desempenho na área da saúde em cada localidade.

Conforme o Ministério da Saúde, o prazo para o credenciamento de usuários do SUS vai até o dia 30 de abril, e os primeiros resultados devem ser divulgados em setembro de 2020. A partir disto, uma avaliação de desempenho dos municípios será realizada a cada quatro meses.

Com base nas determinações do governo federal e no prazo estipulado para o credenciamento, a Administração Municipal recomenda que, mesmo que o cidadão não seja usuário rotineiro do SUS, não deixe de se cadastrar. O munícipe pode não fazer uso da unidade de saúde de seu bairro mas, o SUS não é somente “o Postinho”, o SUS é a vacina, o medicamento, a vigilância sanitária, entre outras atividades.

A participação da população junto ao e-SUS é um regulador de repasses e recursos do governo Federal ao município, desta forma a garantia de verbas necessárias para o atendimento de excelência também passa pela participação e adesão de cada munícipe.

Modo Texto