Projeto Costurando o Futuro do Fundo Social de Atibaia já confeccionou mais de 450 kits de uniformes escolares
6 de dezembro de 2018 | 15h59

Projeto Costurando o Futuro do Fundo Social de Atibaia já confeccionou mais de 450 kits de uniformes escolares

Previsão é de que sejam produzidos 553 conjuntos,
com calça, bermuda, agasalho e duas camisetas cada,
para entrega a alunos de creches comunitárias no início do ano letivo em 2019

Desde o início de outubro o Fundo Social de Solidariedade de Atibaia está promovendo o Projeto “Costurando o Futuro”, iniciativa que conta com a parceria do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e que será responsável por fornecer, gratuitamente, uniformes escolares aos alunos das creches comunitárias do município. Até esta semana, mais de 450 kits – contendo calça, bermuda, agasalho e duas camisetas cada – já foram produzidos. A previsão do Fundo Social é de que sejam confeccionados 553 kits, totalizando mais de 2.700 peças.

O curso de corte e costura em andamento conta com 20 alunos e tem duração (carga horária) de 160 horas em cada uma das duas turmas existentes, sendo uma pela manhã e outra no período da tarde. As aulas acontecem na sede do Fundo Social, no mesmo espaço onde são realizadas as atividades da Escola da Moda. Os participantes têm direito a uma ajuda de custo durante o curso – aproximadamente dois meses – e também receberão um certificado ao final da capacitação.

Os recursos para a aquisição dos materiais são fornecidos pelo Fundo Social do Estado, que também enviou três novas máquinas industriais para o projeto. Já a Prefeitura de Atibaia, em contrapartida, arca com as despesas relativas aos profissionais que ministram as aulas e também cede as acomodações para a realização dos trabalhos.

“Esta é mais uma capacitação que o Fundo Social promove com foco na geração de oportunidades, ajudando a preparar os munícipes para o mercado de trabalho. Ao mesmo tempo, nossa proposta é contribuir com a Educação em Atibaia. Os uniformes escolares seguem em produção e estão ficando maravilhosos. Parabéns a todos os alunos do projeto pelo carinho e dedicação”, afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Simone Cardoso.

Segundo o Fundo Social, a expectativa é de que todos os uniformes escolares produzidos sejam entregues no início do ano letivo em 2019, conforme critério estabelecido junto à Secretaria de Educação de Atibaia: atender, prioritariamente, as creches comunitárias da cidade cujos alunos ainda não contam com uniformes.

Ainda de acordo com o Fundo Social, a proposta é que os cursos de corte e costura mantidos em Atibaia, entre diversos outros, tenham continuidade em 2019, oportunizando novas capacitações à população.

Modo Texto