Prefeitura de Atibaia orienta que estabelecimentos comerciais sigam as recomendações
14 de abril de 2020 | 14h03

Prefeitura de Atibaia orienta que estabelecimentos comerciais sigam as recomendações

Esta semana, óticas, lava-rápidos, cabeleireiros e salões de beleza foram liberados para funcionamento, mas também devem cumprir todas as determinações para não serem penalizados

A Prefeitura da Estância de Atibaia, em atendimento às solicitações da Associação Comercial e Industrial de Atibaia – ACIA, flexibilizou novas atividades comercias, como de óticas, lava-rápidos, cabeleireiros e salões de beleza, mas ressalta que as atividades devem ocorrer sem risco à saúde pública e que as determinações, caso não sejam cumpridas, poderão culminar nas penalidades previstas no decreto de quarentena.

A flexibilização dessas atividades determina que todos os funcionários envolvidos no atendimento utilizem Equipamento de Proteção Individual (EPI), e que os horários de trabalho dos funcionários sejam adequados para se evitar a alta circulação no transporte público em horários de pico. É muito importante que os estabelecimentos adotem as boas práticas para o melhor desenvolvimento das atividades sem riscos de saúde pública e contaminação, por isso deve-se evitar o acúmulo de pessoas e aglomerações.

Óticas e similares
Com relação às lojas de óticas e similares, a flexibilização determina que somente um cliente seja atendido no interior do estabelecimento, após agendamento prévio. As filas devem ser evitadas e qualquer espera na parte externa do estabelecimento deverá ter a supervisão de funcionário que deverá manter a ordem e o distanciamento entres os clientes, realizando a triagem do atendimento para os clientes previamente agendados. Lojas que se destinam exclusivamente à comercialização de óculos de sol não estão incluídas nessa flexibilização.

Cabeleireiros e Salão de Beleza
Já para cabeleireiros e salões de beleza a flexibilização determina que somente um cliente seja atendido em cada horário e que o agendamento seja realizado previamente. Também é fundamental manter a ordem para se evitar aglomerações e promover a higienização do local e dos equipamentos a cada atendimento.

Lava-Rápidos
Para os lava-rápidos, a flexibilização determina que somente um cliente seja atendido em cada horário e que seja agendado o atendimento, ou que os estabelecimentos utilizem o sistema de serviço “leva e traz”, prezando sempre pelas condições de higiene e evitando a transmissão de doenças durante o recebimento e devolução dos autos.

É importante ressaltar que o descumprimento das determinações para todas essas atividades poderá levar às penalidades previstas em lei.

A ACIA – entidade empresarial privada do município, representativa dos comércios, indústrias e empresas prestadoras de serviços associados – publicou as determinações no portal da Associação no sábado (11).

Modo Texto