Prefeitura conclui segunda etapa de estudo sobre Covid em Atibaia
7 de dezembro de 2020 | 15h25

Prefeitura conclui segunda etapa de estudo sobre Covid em Atibaia

Secretaria de Saúde visitou domicílios para entrevista e coleta de amostra de sangue de moradores visando pesquisa de anticorpos

De 21 a 29 de novembro profissionais da área de saúde da Prefeitura da Estância de Atibaia realizaram visitas a domicílios para a realização de uma nova etapa do Inquérito Soroepidemiológico de Base Populacional em desenvolvimento no município. Nessa etapa do estudo, a segunda do processo, um morador com 18 anos ou mais foi sorteado para entrevista e coleta de amostra sanguínea para exame sorológico (detecção de anticorpos) contra o vírus causador da Covid-19, o SARS-CoV-2.

Nesta segunda etapa do inquérito foram entrevistados 587 moradores, sendo 31 exames com resultados positivos, uma prevalência de 5,4%, o dobro da encontrada na primeira etapa do estudo – o que pode indicar um avanço da pandemia. Na primeira etapa, realizada de 21 de setembro a 4 de outubro, foram entrevistados 641 moradores, dos quais: 15 (2,3% de prevalência) apresentaram resultado positivo; dois foram inconclusivos (0,3%); e os demais (624) foram negativos (97,3%).

Um novo sorteio – com base no Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos do último Censo Demográfico 2010 do IBGE – foi realizado para esta segunda etapa do inquérito, contando com a análise estatística realizada por uma equipe da Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo.

Na primeira etapa do estudo, realizada em setembro, no período diurno, muitos domicílios estavam fechados e houve significativo número de recusas e de endereços não localizados. Dessa forma, na segunda etapa do inquérito foram priorizados o período noturno durante a semana e diurno aos finais de semana com 10 equipes, e durante a semana com três equipes.

Em ambas as etapas o questionário utilizado continha perguntas sobre o estado de saúde do entrevistado e de seus familiares nos meses anteriores, além de informações sobre a quarentena e perdas econômicas em virtude da pandemia.

A coordenação dos trabalhos em Atibaia foi da Secretaria Municipal de Saúde e as equipes de campo foram compostas por enfermeiro/as, técnicas de enfermagem, agentes comunitários de saúde, agentes administrativos, técnicos de laboratório e motoristas. Além disso, profissionais do Laboratório Municipal, das Divisões de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, dos Departamentos Técnico e de Gestão e Controle da Pasta participaram da organização, suprimentos e mapeamento, além das próprias ações em campo.

print