Prefeitura de Atibaia oferece transporte escolar para estudantes dos Residenciais Jerônimo
24 de fevereiro de 2022 | 16h14

Prefeitura de Atibaia oferece transporte escolar para estudantes dos Residenciais Jerônimo

Ação visa estimular a assiduidade escolar e beneficiará cerca de 380 alunos da Rede Municipal de Ensino que moram no Caetetuba

A Prefeitura de Atibaia, por meio da Secretaria de Educação, passou a disponibilizar desde segunda-feira (21) transporte escolar gratuito para estudantes de cinco escolas municipais, beneficiando 380 alunos que residem nos Residenciais Jerônimo de Camargo. Objetivo é facilitar o acesso das crianças à escola, estimulando a assiduidade dos alunos  nesta região.

Segundo a secretária de Educação, Eliane Doratiotto, investimentos na educação devem ser constantes e sempre resultam em avanços na aprendizagem dos alunos. “Dessa forma, esperamos que os investimentos para melhorar o transporte e acesso dos alunos às escolas sejam convertidos em melhores resultados de aprendizagem e desenvolvimento integral dos alunos”.

Os alunos beneficiados são das Escolas Municipais Prof. Licínio Carpinelli, Prefeito Walter Engrácia de Oliveira, Prefeito Takao Ono, Padre Armando Tamassia e Professora Therezinha do Menino Jesus S. C. Sirera, que contam agora com transporte diário gratuito, oferecendo maior segurança e conforto.

Em 2021, o Setor de Transporte Escolar da Secretaria de Educação realizou estudo e planejamento para preparar a licitação e contratação de empresa especializada no serviço de transporte escolar, de acordo com as legislações vigentes, como a Resolução SME n⁰ 03/2016, que orienta os critérios para disponibilização do transporte escolar gratuito no município. Essa ação também faz parte do Plano de Gestão da Secretaria de Educação, visando ampliar o atendimento do transporte escolar gratuito.

Atualmente, o transporte escolar gratuito possui 59 linhas. O sistema de transporte escolar gratuito oferecido pela Secretaria de Educação é baseado nos critérios da Resolução SME nº 03 de 20/04/2016, atendendo alunos que residam a uma distância de 2km da escola. Têm prioridade inicialmente os alunos que residem em área rural ou em escolas que contêm barreiras físicas no caminho, como rodovias em passarelas ou trechos que não possuam linhas regulares de transporte urbano.

print