Campanha de vacinação contra gripe entrará na última semana
29 de maio de 2020 | 12h52

Campanha de vacinação contra gripe entrará na última semana

Imunização dos grupos prioritários termina na próxima sexta (5); Confira a lista dos 14 pontos de aplicação da vacina em Atibaia

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza deste ano foi antecipada devido à pandemia de COVID-19 e do dia 23 de março, quando teve início, até o último balanço da Secretaria de Saúde nesta sexta-feira (29 de maio), vacinou 21.874 idosos e 4.820 trabalhadores da área da saúde, superando as metas da Pasta em relação a esses grupos prioritários. A Campanha teve quatro fases e os integrantes dos grupos prioritários incluídos nas diferentes fases podem se imunizar contra a Influenza num dos 14 pontos de vacinação espalhados pela cidade até a próxima sexta-feira, dia 5 de junho, data prevista para encerramento da campanha.

Até o momento, foram distribuídas 451 doses de vacina ao grupo prioritário formado pelos policiais, bombeiros e profissionais da área de segurança pública e salvamento, 1.408 aos caminhoneiros, cobradores e motoristas do transporte público, 8.923 aos portadores de doenças crônicas e 763 aos professores. Das crianças com mais de 6 meses e menos de 6 anos, 5.426 foram vacinadas, representando 56,08% da meta da Secretaria de Saúde. As mulheres no pós-parto até 45 dias (puérperas) perfazem até o momento o total de 123 vacinas (48,43%) e as gestantes, 581 (37,58%). Entre os adultos de 55 a 59 anos, incluídos junto com o grupo dos professores na última fase da Campanha, foram imunizadas 1.249 pessoas, 20% do esperado.

Campanha de vacinação contra gripe entrará na última semana

De acordo com cronograma definido pelo Ministério da Saúde, a campanha se encerra na próxima sexta-feira (5) e a primeira semana de junho seria a última para que as pessoas dos grupos prioritários procurem um dos pontos de vacinação listados abaixo, das 7 às 16h, e recebam a dose da vacina contra a gripe. Apesar de não imunizar contra o Coronavírus, a vacina previne do ataque dos vírus Influenza A (H1N1 e H3N2) e Influenza B, os tipos mais comuns no Brasil, evitando uma eventual infecção dupla que poderia sobrecarregar o sistema respiratório e causar complicações graves. Mesmo quem já recebeu a dose no ano passado deve se imunizar de novo: de acordo com o informado pelo Ministério da Saúde em nota, houve alteração de duas cepas de vírus.

– UBS Centro – Rua Castro Faffe, 201 – Centro;
– UBS Alvinópolis – Rua Padre Feliciano Grande, 480 – Alvinópolis;
– UBS Ana Cecília Batista de Sá – Rua Ouro Preto, 700 – Flamenguinho;
– UBS Santa Clara – Av. Flávio Pires de Camargo, 1200 – Caetetuba;
– USF Cerejeiras – Rua Washington Luís, 180 – Jd. Cerejeiras;
– USF Ana Nery (USF Imperial) – Rua Pacaembu, S/N – Imperial;
– USF Majuca Macedo (UBS Portão) – Rua Antonio Cunha Leite, S/N – Portão;
– USF Itapetinga – Rua Gerânios, 25 – Retiro das Fontes;
– UBS Maracanã – Rua João Neto, 580 – Maracanã;
– USF Pompeu Vairo (Rio Abaixo) – Estrada do Mingu, S/N – Rio Abaixo;
– USF Boa Vista – Estrada Municipal Juca Sanches, S/N – Boa Vista;
– UBS Tanque – Estrada Velha de Bragança Paulista, 2450 – Tanque;
– USF Cachoeira – Estr. da Cachoeira, S/N – Cachoeira;
– UBS Herconides Martins de Oliveira – Estrada Hisaichi Takebayashi, 8000 – Usina.

Modo Texto