Prefeitura intensifica ações de proteção à população vulnerável
26 de maio de 2020 | 16h28

Prefeitura intensifica ações de proteção à população vulnerável

Com a chegada do frio, medidas de auxílio incluem uma nova unidade temporária da Casa de Passagem pelo Programa Vida Nova

A Prefeitura da Estância de Atibaia tem utilizado todas as suas frentes para amenizar os efeitos da crise provocada pelo Coronavírus. Para amparar as pessoas em situação de vulnerabilidade social, o Fundo Social de Solidariedade – FSS, por meio do Programa Vida Nova e a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social – SADS têm intensificado, desde o início da pandemia, ações de proteção para esta parcela da população. Dentre as medidas de auxílio está uma nova unidade da Casa de Passagem, que com a chegada do frio acaba por receber mais usuários.

O objetivo da unidade temporária é descentralizar as vagas disponíveis, que atualmente acolhem 60 usuários em isolamento social, e garantir mais 30 vagas para quem necessita de acolhimento. Toda a logística é feita para prevenir possíveis contaminações causadas pelo COVID-19, de acordo com as normas sanitárias vigentes. O alojamento emergencial está sendo implantado na Avenida Carvalho Pinto, 130 (antigo Senai) e segue sob a responsabilidade da Casa do Caminho com monitoramento da equipe da SADS.

A abordagem social busca, de forma humanizada, convencer pessoas em situação de rua a aceitar a ajuda e o acolhimento oferecidos pela rede de serviços assistenciais da Prefeitura. Todos estão sendo orientados quanto às formas de prevenção da COVID-19 e, aqueles que consentem, são encaminhados às entidades de apoio como o Centro POP ou a Casa de Passagem. Além de moradia e cuidados de higiene pessoal, a Casa oferece alimentação, guarda de pertences, provisão de documentação, atendimento psicossocial e, em parceria com a Coordenadoria Especial dos Direitos e Defesa Animal, abrigo para os animais de estimação.

Prefeitura intensifica ações de proteção à população vulnerável

Vida Nova
O Programa Vida Nova visa promover a reinserção na sociedade e possibilitar uma vida com mais qualidade e dignidade. A implantação da Horta Solidária da Casa de Passagem, em fevereiro de 2018, tem rendido bons frutos. Os produtos cultivados, de forma orgânica, estão à venda na Feira do Alvinópolis nas terças-feiras e aos domingos na Feira do Cerejeiras. Cerca de 11 usuários da Casa participam da produção de verduras, legumes e ovos e, com a porcentagem do valor arrecadado permite a cada integrante planejar sua reinserção na sociedade. Outras ações de instrução profissional também são realizadas como marcenaria, serralheria e oficina de artes..

A abordagem social é realizada 24 horas por dia e a população pode entrar em contato pelo telefone (11) 4415-2274 informando sobre pessoas em situação de rua na cidade.

print