18 de abril de 2017 | 15h14

Cerimônia na EMEF Takao Ono celebra os 12 anos de fundação da escola

Evento também contou com atividade em alusão ao ReciclAtibaia,
programa de coleta seletiva lançado este mês pela Prefeitura e SAAE.

Evento também contou com atividade em alusão ao ReciclAtibaia,
programa de coleta seletiva lançado este mês pela Prefeitura e SAAE

 
Na sexta-feira, dia 14 de abril, aconteceu a cerimônia de aniversário de 12 anos da EMEF Prefeito Takao Ono, no Jardim Cerejeiras, com bolo comemorativo e também uma atividade relativa ao Programa ReciclAtibaia, recém-lançado pela Prefeitura e SAAE no município.
Em função do aniversário da escola e do lançamento do ReciclAtibaia, a Secretaria de Educação promoveu uma gincana especial entre os alunos da EMEF Takao Ono.

Os estudantes foram incentivados a providenciar a coleta e a separação do lixo durante a semana, em uma espécie de competição entre as salas para descobrir qual conseguiria reunir a maior quantidade de material reciclável.
As classes do segundo e do quinto ano foram as responsáveis pelos maiores volumes arrecadados e receberam exemplares do livro “Reciclino, faminto por reciclagem” como forma de reconhecimento pelo empenho na atividade.
A solenidade de celebração da fundação da escola, que tem como patrono o ex-prefeito de Atibaia, Takao Ono, contou com a presença do vice-prefeito (e filho do patrono), Emil Ono; da secretária de Educação, Márcia Bernardes; da superintendente da SAAE, Fabiane Santiago; do presidente da Câmara Municipal, vereador Fabiano de Lima; da diretora da escola, Jumara Massoni; além de professores, funcionários e alunos.
 
“ReciclAtibaia”
No último dia 5 de abril, a Prefeitura lançou o Programa “ReciclAtibaia” e iniciou uma nova fase da história do saneamento municipal, já que agora a cidade conta com 100% de coleta seletiva na área urbana. A implantação do programa atende à Política Nacional de Resíduos Sólidos e proporcionará uma série de benefícios para a cidade.

Na área social, a expansão da coleta seletiva em Atibaia deverá ajudar os trabalhadores da Cooperativa São José, em Caetetuba, que é a responsável pela triagem dos resíduos.
Com o aumento da demanda, o programa deve impactar positivamente na geração de renda dos cooperados (são cerca de 120 famílias envolvidas).
Já na área ambiental, a coleta seletiva contribui com a redução da poluição do solo, da água e do ar. Além disso, possibilita o reaproveitamento de materiais que iriam para o aterro sanitário e diminui a exploração de recursos naturais renováveis e não renováveis, entre outros benefícios.
Antes da implantação do Programa “ReciclAtibaia”, 65 bairros/locais eram atendidos e a média diária de coleta seletiva na cidade era de 100 toneladas por dia de material triado pela Cooperativa, cuja média mensal era de 7%.
Agora, com a expansão da coleta seletiva, 115 bairros/locais estão sendo atendidos nesta 1ª etapa, que tem como meta prevista uma média de 200 toneladas por dia de triagem pela Cooperativa, com média mensal prevista para 12%.

print